Como aumentar o faturamento do seu provedor?

Atualizado: 23 de jan.

Se você é proprietário ou trabalha com o ramo de provedores de internet, provavelmente acompanha o mercado de Telecom no seu bairro, na sua cidade ou demais áreas de cobertura. É natural que todos estejam tentando observar o comportamento do setor.

Estima-se que haja atualmente 12.826 provedores de Internet no Brasil, com prevalência de microempresas e atuando em, no máximo, cinco municípios.


Para você ter uma ideia, os provedores regionais têm puxado o crescimento da banda larga no Brasil. O setor detém 18,46% do mercado, com 5,64 milhões de conexões e vem se expandindo ano após ano. Segundo a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), entre julho de 2017 e julho de 2018, os ISPs adicionaram mais de 1,87 milhão de contratos à sua base de assinantes, o que significa um crescimento de 49,43%.


Esses números ajudam a explicar o aumento do interesse por esse tipo de negócio no país. A projeção é que a participação do segmento no fornecimento de banda larga salte para 40% nos próximo 5 anos. Tamanho otimismo é fruto de uma agenda legislativa positiva, que deve incentivar ainda mais o aumento da demanda em todo o Brasil.

como vender provedor de internet

Confira quais são os melhores provedores de internet do Brasil, de acordo com o Ranking Netflix Internet:

  • Vivo Fibra / Claro Fibra / Oi Fibra / Algar Fibra.

  • Brisanet / Claro NET Vírtua / TIM Live Ultrafibra.

  • Algar Telecom / TIM Live Ultra / Vivo Internet.

  • Oi Internet.

Quer saber como se tornar o maior provedor de sua localidade? Sem mais delongas vamos ver como aumentar o faturamento do seu provedor!


1. Invista em rede de fibra ótica:

Nove em cada dez provedores de acesso à Internet no Brasil disponibilizam fibra óptica aos seus clientes. A constatação é da TIC Provedores 2020, pesquisa do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) divulgada nesta quarta-feira (7 de julho) pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br) do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), responsável por sua condução. Segundo o levantamento, que está em sua 4ª edição, o crescimento de empresas no País que ofertam essa forma de conexão em relação ao último levantamento, de 2017, foi de 13 pontos percentuais (saltou de 78% das empresas que declararam acessos para 91%). Rádio (73%) e cabo UTP (46%), que também estão entre as tecnologias mais usadas, apresentaram redução de 11 e 5 pontos percentuais, respectivamente, no mesmo período.


2. Conheça o perfil do seu cliente, saiba como identificar as características do cliente ideal:

  • Analise os seus clientes atuais. O primeiro passo para identificar o perfil do cliente ideal é analisar os seus consumidores atuais.

  • Identifique as características do público.

  • Observe a necessidade pela solução.


3. Avalie uma fusão com outros provedores.

Em um processo de fusão e aquisição, é fundamental que as informações do negócio sejam restritas aos membros participantes. Em um momento inicial, alguém pode ficar tentado a pensar que a necessidade de confidencialidade é tão óbvia que não seria necessário um documento formal. Ledo engano, pois imagine uma fusão entre 7, 8 ou 10 provedores. Sem um acordo, é difícil garantir a segurança contra vazamento dos dados.


4. Repense os seus planos:

Sem contas feitas de cabeça ou cálculos gigantescos: definir seu preço de venda é algo que exige atenção, mas não precisa ser um chute perigoso ou algo muito complicado. Não é nenhuma novidade que definir o preço de venda adequado para o produto ou serviço que você oferece é algo que exige muita responsabilidade.

Afinal, poucos centavos a mais ou a menos podem salvar ou até mesmo causar um estrago gigantesco no seu fluxo de caixa e nas métricas do fim do seu ano fiscal, além de fazer uma diferença significativa na quantidade de suas vendas.

Para definir o preço adequado de venda de um produto ou serviço você precisa analisar o equilíbrio entre o preço de mercado e o valor dos seus custos e despesas totais. O valor do seu produto deve igual ao custo das matérias primas ou hora de serviço, somado às despesas variáveis e fixas para realizar uma venda.

No dicionário, precificação significa “o ato de determinar um preço”, mas seu sentido é muito mais complexo no mundo dos negócios. Para as empresas, atribuir um preço de venda aos seus produtos e serviços é uma das principais atividades estratégicas do negócio.

De forma geral, a precificação é calcular o preço de venda ideal e uma das principais estratégias do negócio. O processo de atribuição de um valor de venda engloba diversos fatores como todos os custos da empresa, a margem de lucro almejada e a percepção de valor dos consumidores.

Alguns dos principais tipos de estratégia de precificação são:

  • Preço baseado em concorrência.

  • Preço por skimming de mercado.

  • Preço alto-baixo.

  • Preço premium.

  • Preço por projeto.


5. Capacite o time de vendedores:

Foque no pós-vendas, é possível subir seu índice de vendas apenas olhando para os clientes que já fazem parte da sua empresa. Uma excelente estratégia é oferecer upgrade de planos para os clientes de longa data, pontuais com pagamento ou até mesmo aqueles que vivem reclamando do sinal da internet.

Para aumentar as vendas no provedor de internet, o time de Relacionamento deve estar ciente que o foco está em resolver um problema do cliente entregando uma solução. O ideal é dedicar 25% do tempo de relacionamento com o cliente tentando descobrir o seu problema e ofertar a melhor solução.


Passos básicos para fechar qualquer venda:

  • Faça a abordagem correta. Para evitar que os vendedores cometam as atitudes mais odiosas, o empresário deve investir em treinamentos e avaliar constantemente sua equipe.

  • Aprenda a ouvir.

  • Apresente as soluções.

  • Encare as objeções.

  • Invista no pós-venda.

Outro aspecto essencial para vender planos de internet é contar com um sistema eficiente para pagamento online com diferentes opções para os clientes, uma vez que é cada vez mais comum a contratação dos serviços a partir do próprio site da empresa.



Os principais fatores para aumentar as vendas do seu provedor de internet:


1. Funil de vendas. Esse é o nome utilizado para um famoso conceito de marketing:

Também chamado de pipeline, o funil de vendas é um modelo estratégico que mostra a jornada do cliente, desde o primeiro contato dele com a empresa até o fechamento do negócio. É formado por um conjunto de etapas e gatilhos cujo objetivo é dar suporte à jornada de compra das personas de uma determinada organização.


2. Gestão de leads:

Leads são os contatos que você gera através das suas ações de marketing. Geralmente qualquer contato que você possua o nome e o número pode ser considerado um lead. Já o prospect é um lead que já foi qualificado pelo setor comercial e começou a ser prospectado por ele.


3. Trabalhe a comunicação com seus leads através do marketing digital.

É impossível vender seu produto a alguém que não tem interesse nele. Por isso é tão importante saber gerar leads: eles já estão a poucos passos de converterem em um negócio. Cada lead gerado é uma oportunidade de venda. ... Isso porque sem a geração de leads você vai “voar às cegas” no seu processo de vendas.

Os principais canais de comunicação são:

  • Redes sociais. Não são apenas as pessoas, mas também entre empresas é cada vez maior o número daquelas que usam as redes sociais para iniciar relacionamento com potenciais clientes e se aproximar de parceiros no mercado.

  • E-mail marketing.

  • Sites.

O marketing de conteúdo é um dos principais pilares do Inbound Marketing e pode ser um aliado para vender planos de internet. O objetivo desta estratégia é captar novos clientes e fidelizar os já existentes oferecendo informação de qualidade por meio de ebooks, artigos em blogs e infográficos, por exemplo.


Como fazer promoções estratégicas?

  • Tenha claro seus objetivos com a promoção de vendas.

  • Fique atento ao melhor momento.

  • Defina um público-alvo específico.

  • Considere priorizar seus clientes atuais.

  • Deixe claros os benefícios que seu cliente terá.

  • Construa ações de marketing atraentes.

Veja, então, exemplos de estratégias promocionais bastante práticos e fáceis de serem aplicados.

  • Amostra grátis. Sabe aquele cafezinho oferecido no supermercado, de maneira gratuita?

  • Descontos.

  • Fidelidade.

  • Brindes personalizados.

  • Sorteios.

  • Concursos.

  • Tenha um objetivo.


Quando bem planejado e feito com atenção, o Marketing Digital é um investimento com possibilidade de gerar um grande retorno e, por causa disso, traz o benefício de aumentar o faturamento e trazer lucro para empresas. Além disso, o investimento é relativamente baixo se comparado ao Marketing Tradicional.


Campanhas de Marketing Digital tem um custo notavelmente baixo. Ainda mais se comparadas às campanhas de marketing convencional. Por isso, sua empresa pode utilizar todas as redes sociais disponíveis (especialmente as que sejam pertinentes com seu perfil de público). O Marketing digital:

  • Aumenta e fortifica a autoridade da sua marca na internet.

  • Faz com que a sua empresa seja encontrada mais rapidamente na internet.

  • Constrói uma audiência segmentada e de qualidade.

  • Permite o engajamento entre cliente e empresa.

  • Entrega a mensagem correta para o público certo.


Vantagens do marketing de serviços

  • Maior credibilidade.

  • Maiores margens financeiras.

  • É um custo estratégico.

  • Diferencia a empresa no mercado.

  • Facilita a retenção dos clientes.

  • Melhora o alinhamento de todo o time.

Levando em conta que com 50 clientes você já consegue faturar até 4 mil reais por mês, tenho certeza que contratar um ajudante não irá pesar no seu bolso. Entre em contato agora e faça uma consulta gratuíta sobre sua empresa.





13 visualizações0 comentário